Mês: Junho 2017

Paris, semaine de la mode masculine – Esta cena é toda nossa!

Se estamos em Março, os dias começam a aumentar, o sol convida para as esplanadas, avançamos para as dietas de verão a pensar nas roupas mais leves e frescas… porque estou eu na #ModaLisboa a ver a coleção do Inverno seguinte? Não me apetece pensar em casacos compridos, lãs e caxemiras! (Recorrentemente penso sempre que toda aquela energia devia ultrapassar as nossas fronteiras….) Dantes tudo era mais lento, o timing das coisas “era o que tinha que ser”. Os #DigitalImmigrants ainda vão tendo (alguma) paciência… Mas hoje vivemos numa sociedade do “aqui e agora”,  a próxima geração de “heavy...

Ler Mais

As lições de #Marketing do Diogo Batáguas

Centenas de milhares de euros já foram investidos em #EstudosDeMercado promovidos, requisitados e utilizados por mim. Confesso. Contudo ao logo dos anos fui aprendendo a ter cada vez mais cuidado na apreciação dos resultados.     Já me referi a este tema a propósito da eleição de Donald Trump e da razão pela qual só as sondagens realizadas pela sua candidatura estavam certas: muitos politicamente corretos só se sentiram à vontade para confessar a intenção de votar Trump quando o entrevistador se identificava como sendo do Staff da sua candidatura… Agora trago aqui outro exemplo do “aproveitamento” que se pode fazer...

Ler Mais

A Canção de Lisboa

Embalada pelas #FestasLisboa lá vi pela enésima vez a Canção de Lisboa, original #emBom e do mais politicamente incorreto que há! com a Beatriz Costa, o Vasco Santana-Vasquinho-Da-Anatomia,  e o “chapéus há muitos“, o “óióai vou daqui pró bailarico 🎶” tornando-nos no único povo do mundo a saber o que é o ” esternocleidomastoideo“. Toda aquela variedade de cenários, personagens lugares e situações de vida em geral que a maioria de nós já não viveu, mas acredita ser o retrato autêntico de uma época. On top – tem um piadão! Várias gerações depois, porque o humor é intemporal. Ou é, ou...

Ler Mais

Envelhecimento Ativo – Prioridade para Portugal?

Ageing (parece muito mais cool que envelhecimento!) – tantas abordagens possíveis: A partir de que idade se começa a gerir o “envelhecimento”? Quando se é “velho”? Há quem chegue aos 80 anos, novo? O Desemprego Sénior: fala-se tanto, e com propriedade do desemprego jovem, e este? de já tão longa duração que em muito casos  já saiu das estatísticas do IEFP? E envergonhadamente esconde uma precariedade gritante? E a perca de valor nas Empresas que ao prescindirem de profissionais experientes (mais caros) deitaram fora verdadeiros “doutoramentos” nas respetivas áreas e os substituíram por mão de obra barata? Sem que...

Ler Mais

Pin It on Pinterest

00

Subscreva o Website

Receba no seu email uma notificação sobre as últimas publicações aqui no meu website.

A sua subscrição foi concluída com sucesso.