#MarketingContent aparece como uma das #Tendências mais relevante nos últimos tempos. leo-burnett-citacaoNão é uma novidade nunca vista!
As Marcas sempre tiveram as suas narrativas, ícones e simbologia. O paradigma de uma via de comunicação: da Marca para o Público, mudou, e hoje a comunicação é uma estrada de duas vias, com excesso de ruído, razão pela qual conteúdos relevantes que emocionem e se relacionam com o público são determinantes:

  1.  Conteúdos mais segmentados: Agora, com mais canais, e mais oportunidades de contacto, sobretudo com a mudança de paradigma do online, as Marcas precisam de estratégias de conteúdo mais profundas e também segmentadas. Informação genérica está por toda a parte na Internet; na relação com as Marcas o consumidor espera conteúdos que respondam diretamente aos seus #EstadosDeNecessidades. Ao mesmo tempo, tendo-se habituado a “ter voz” o consumidor não espera ser apenas ouvido, quer que o seu feedback seja considerado e mesmo incluído na comunicação das Marcas.
  2. Plataformas de gestão dos conteúdos – Pensadas na ótica das 2 vias da comunicação: produção de conteúdos na Empresa e recolha e integração do feedback dos consumidores. Estas plataformas integram toda a gestão de informação recolhida: CRM, Vendas, Atendimento, Insights de Parceiros e Fornecedores, e, ao mesmo tempo é capaz de gerir os conteúdos, segmentação e agendamento da emissão de conteúdos online e offline

A Voz do Consumidor num mundo online – os consumidores querem saber que as suas Marcas os ouvem e é essa integração do feedback outro dos grandes desafios do atual #MarketingContent: entregar conteúdos, recolher feedback, integrar e devolver novo conteúdo. Vejo poucas #Marcas a conseguirem fazer isto. Falam, falam, mas….