Não há uma tradução decente para a palavra Marketing.

A partir daqui todo um léxico, sobretudo de anglicismos, foi-se instalando no discurso de Gestão. Não é presunção. É assim que vem nos livros, nas revistas, é assim que escrevemos e falamos.

Quanto a isto há duas possibilidades: embarcar numa viagem linguística para a qual, eu pelo menos não tenho pergaminhos, qualificações, nem legitimidade já que eu própria, como refiro no “disclaimer”, falo e escrevo recorrendo a expressões em línguas estrangeiras; ou, de modo mais pragmático, com a ajuda de especialistas das várias áreas da Gestão, do Marketing e da Comunicação, construirmos um repositório que dê um sentido a expressões em língua estrangeira que já integram o discurso corrente dos profissionais e estudantes.

E já agora, fomos também introduzindo algumas expressões, em Português….