“Não apoiam nada para além do Futebol”, dizia-me aqui há dias um adepto de outra uma outra modalidade.

Isto é mais ou menos como o ovo e a galinha: “eles” apoiam porque há paixão, assistência e audiência? ou há isto tudo porque há apoios?

CR7

O ROI da transferência do CR7 do ManUnited para o Real Madrid, de quase 100 milhões€, foi feito logo na primeira época através da venda de camisolas (fora tudo o mais…). Só na região de Madrid foram vendidas 1,2 milhões.

É sobretudo uma questão de oferta e de procura. Ao contrário dos tempos da  (1ª) Revolução Industrial em que a Procura superava a Oferta, a Oferta é superior à Procura em quase todas as áreas de atividade. Os consumidores também já falam “Marketinguês”, e torna-se difícil empurrar seja o que for que não responda aos seus #EstadosDeNecessidade.

Eu não tenho tempo para acompanhar todas as modalidades desportivas que gostaria, por isso seleciono e acompanho a que mais me apaixona – o Futebol.

E aqui há assistências, audiências, Sport Tv, Estrelas, paixão, sócios, zilhões de praticantes e adeptos que compram camisolas oficiais a 80€… Há o Cristiano de Ronaldo e os seus milhões de seguidores nas redes sociais, há as polémicas do Mourinho (e do Bruno de Carvalho), os pontapés na gramática do Jorge Jesus, consegue-se fazer “render este peixe” para alimentar 3 jornais diários desportivos e um número absurdo de programas de televisão (saudades do tempo em que se via o “Domingo Desportivo” e ficava o caso arrumado). E somos os maiores porque ganhámos o Euro2016 #ÉderResolve. E foi a loucura! Parou o país, Timor e todos os portugueses na diáspora. Como pára Lisboa quando o SLB ganha (para o ano pára pelo Sporting 🙂 ), ou o Porto com o FCP.

Noutros países é tudo isto com o futebol ou outras modalidades. Cá é assim!