Categoria: Admirável Marketing Novo

Apple: A “arte” de oferecer! Really?

O #BlackFriday  está a tornar-se moda e todo o bicho careta está a surfar a onda… Parecia que um post que começa por #BichoCareta não seria a propósito da#Apple mas… o prémio do headline mas #tocaAaviar vai para…. #Apple. “A arte de oferecer” parece um bom headline para uma gravata que a Mãe quisesse oferecer ao Avô… ou assim… E o “Nunca mais é sexta” parece uma boa assinatura para… qualquer coisa! Nós sabemos que o forte da #Apple não é comunicação publicitária… porque nunca precisaram. Mas como direi?… há uns mínimos para não ofender os fãs… Está bem? Posto...

Ler Mais

#MarketingContent: narrativas de Marca não são novidade – são é mais relevante que nunca!

#MarketingContent aparece como uma das #Tendências mais relevante nos últimos tempos. Não é uma novidade nunca vista! As Marcas sempre tiveram as suas narrativas, ícones e simbologia. O paradigma de uma via de comunicação: da Marca para o Público, mudou, e hoje a comunicação é uma estrada de duas vias, com excesso de ruído, razão pela qual conteúdos relevantes que emocionem e se relacionam com o público são determinantes:  Conteúdos mais segmentados: Agora, com mais canais, e mais oportunidades de contacto, sobretudo com a mudança de paradigma do online, as Marcas precisam de estratégias de conteúdo mais profundas e também segmentadas. Informação...

Ler Mais

A Alegoria da Sopa da Pedra: Crowdfunding e Marketing Content

A Alegoria da Sopa da Pedra A melhor sopa da Pedra come-se em Almeirim. Mas a lenda da sopa da pedra não é um exclusivo da região, nem sequer de Portugal – aparece em várias culturas, perpetuada pela tradição oral – as redes sociais da época – Um #Storytelling com séculos, portanto… O ENREDO: O frade desta história tinha um objetivo – comer. Não tinha os recursos. Arranjou uma ideia louca (#Inovação, chamam-lhe agora) e essa ideia foi a âncora para a primeira ação de #CrowdFunding de Marketing. Neste nosso mundo governado pela crise, a moral da história é...

Ler Mais

Marketinguês

Não há uma tradução decente para a palavra Marketing.
A partir daqui todo um léxico, sobretudo de anglicismos, foi-se instalando no discurso de Gestão. Não é presunção. É assim que vem nos livros, nas revistas, é assim que escrevemos e falamos.

Ler Mais
  • 1
  • 2

Pin It on Pinterest