Mês: Março 2018

Despedida aos 40 por ser demasiado velha. Re-contratada aos 60.

É o #NewNormal? Ou uma diversity washing? É mesmo verdade que os modelos já não precisam passar por critérios rigorosas de altura, tamanho, juventude? É verdade que cada vez mais as marcas recorrem a Embaixadores mais “diversos”: raça, tamanho e idade. Colocar uma modelo novinha como cara de produtos estéticos destinados a mulheres de 50+ anos, não é aspiracional, é só estúpido! Mas a Isabel Rossellini, 20 anos depois de ter sido despedida e substituida pela Juliette Binoche, continua a ser mencionada no research da Marca: os consumidores ainda se recordam dos anúncios protagonizados por ela. Ou seja, tornou-se...

Ler Mais

E o prémio “Menos Calorias” vai para: Queijadinhas de Cenoura #ConfeitariaCarlosGonçalves

Adoro os meus momentos #CaféComLivro; melhor mesmo só se acompanhados com um docinho 😉 mas estes são de uma tremenda falta de caridade divina: têm calorias, engordam!!!! Ando sempre atenta às tabelas nutricionais. No caso dos doces: bolinhos, bolachas e chocolates ( mesmo aqueles que, por serem vendidos nas prateleiras de produtos saudáveis, julgamos serem menos calóricos) as calorias andam sempre à volta das 400-600/100g!!!! Imenso para quem tem uma luta contra os quilos (não hão-de ganhar!)  Descobri umas Queijadinhas de Cenoura da Confeitaria Carlos Gonçalves, absolutamente divinas e com cerca de metade das calorias habituais em outros doces, ou seja, uma com o café – é sem culpas! Mais um #PORDUTO_ProdutoPortuguês excelente! e andamos nós a comprar Oreos! #PortugalMarca #MagsFinalTouch – Raramente compro um produto, sobretudo alimentar, sem ver os ingredientes e tabela nutricional. Experimentem, por exemplo ver os ingredientes do Pão que compram nos supermercados: de açúcar a uma infinidade de “És”… vale tudo. Voltarei a este...

Ler Mais

Com elas sff

A #Ginjinha.  A melhor do mundo era a da Tia Guilhermina; a da Mãe nunca passava do 2º lugar e acho que ela nunca entendeu porquê : mas a verdade é que assim que as ginjas começavam a ficar docinhas e engelhadas, uma hoje outra para a semana, confesso que alguém lá em casa as “roubava” dos frascos… 😉 Agora, na falta destas, basta-me uma boa companhia, um pretexto e qualquer uma serve, desde que seja com elas!  A Marca “Ginjinha” e algumas marcas de ginjinha souberam dar a volta e (re)entrar nos hábitos regulares dos consumidores e turistas. Localização, localização,...

Ler Mais

Come chocolates, pequena;

Come chocolates, pequena; Come chocolates! Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolate. Tabacaria Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. Àparte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. Janelas do meu quarto, Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é (E se soubessem quem é, o que saberiam?), Dais para o mistério de uma rua cruzada constantemente por gente, Para uma rua inacessivel a todos os pensamentos, Real, impossìvelmente real, certa, desconhecidamente certa, Com o mistério das coisas por baixo das pedras e dos sêres, Com a morte a pôr humidade nas paredes e cabelos brancos nos homens, Com o Destino a conduzir a carroça de tudo pela estrada de nada. Estou hoje vencido, como se soubesse a verdade. Estou hoje lúcido, como se estivesse para morrer, E não tivesse mais irmandade com as coisas Senão uma despedida, tornando-se esta casa e êste lado da rua A fileira de carruagens de um comboio, e uma partida apitada De dentro da minha cabeça, E uma sacudidela dos meus nervos e um ranger de ossos na ida. Estou hoje perplexo, como quem pensou e achou e esqueceu. Estou hoje dividido entre a lealdade que devo À Tabacaria do outro lado da rua, como coisa real por fora, E à sensação de que tudo é sonho, como...

Ler Mais

Pin It on Pinterest

00

Subscreva o Website

Receba no seu email uma notificação sobre as últimas publicações aqui no meu website.

A sua subscrição foi concluída com sucesso.