É o #NewNormal? Ou uma diversity washing? É mesmo verdade que os modelos já não precisam passar por critérios rigorosas de altura, tamanho, juventude? É verdade que cada vez mais as marcas recorrem a Embaixadores mais “diversos”: raça, tamanho e idade.IMG_9336

Colocar uma modelo novinha como cara de produtos estéticos destinados a mulheres de 50+ anos, não é aspiracional, é só estúpido!

Mas a Isabel Rossellini, 20 anos depois de ter sido despedida e substituida pela Juliette Binoche, continua a ser mencionada no research da Marca: os consumidores ainda se recordam dos anúncios protagonizados por ela. Ou seja, tornou-se um ícone, logo um asset que pode ainda ser recuperado e, em caminho, permitir à Lancôme fazer um vistão no tão politicamento correto tema da “Diversidade”. Just saying…

#MagsFinalTouch – A Isabel Rossellini está a levar a sério o tema da diversidade; no seu Instagram, embora tendo já assumido a nova ligação à Lancôme, continua a postar fotos suas tal como é: sem produção, com rugas, olheiras. Quando for para os anúncios aí será outra coisa.