Categoria: Portugal Marca

Bertrand – 285 anos de #Livros!

Livraria Bertrand do Chiado, a livraria mais antiga do mundo, já vende livros há 285 anos e já lá está no Guiness dos recordes. Como nós gostamos. Livros antigos, novidades, alguns editados pela própria Bertrand, outros não. Mas o que dá mesmo gosto é percorrer aquelas 7 salas cheias de livros, as salas Aquilino Ribeiro (com o cantinho onde o escritor escrevia e refletia), José Saramago, Eça de Queiroz, Almada Negreiros, Alexandre Herculano e Sophia de Mello Breyner e, claro, a sala Fernando Pessoa, escritor que, finalmente, ficou na moda. Desde 2017, e com porta na Rua Anchieta há também o Café Bertrand, nesta tendência de...

Ler Mais

E agora acabam-se as Margaridas! Porquê #Vieira? Porquê :)

Por esta altura atiro-me às Margaridas – as amêndoas Vieira de chocolate negro. Todavia, agora mon coeur balance, é que além das Premium apareceram as amêndoas de Chocolate Ruby – de um novo tipo de plantação de cacau que dá origem a um chocolate mais exótico e com um tom naturalmente rosado que em Portugal é exclusivo da Vieira –  verdadeiramente #doAlém!  Tenho francamente pena que em Portugal as amêndoas (drageadas) sejam um produto sazonal já que em mercados de exportação são vendidas durante todo o ano. Tenho amigos brasileiros que ao longo do ano me vão fazendo inveja… A #Internacionalização...

Ler Mais

Lenços de seda da Fernanda Lamelas na Loja das Meias – duas #MarcasPT2019

Adoro a estética dos lenços da Fernanda Lamelas porque são lindos e porque representam exatamente aquilo que defendo no sentido de construir #MarcasPortuguesas a partir da #EssênciaDePortugal – os desenhos são aquilo a que se poderia chamar uma visão 2.0 sobre o património português: são olhares, pinceladas em aguarela, o olhar da artista e a sua visão única do nosso património milenar transposta para a seda. Os lenços FL são agora das (infelizmente) poucas  marcas portuguesas à venda na Loja das Meias e foram uma das novidades do evento de lançamento da coleção de Verão 2019, aos 30 desenhos já...

Ler Mais

E aqueles cadernos da Emílio Braga? #Inovação também é (d)isto.

Chamam-se “Cadernos Galocha” e são praticamente indestrutíveis. A encadernação é totalmente feita à mão, e são mais um daqueles produtos de que #PoucosGostamMuito porque aos milhões é na China… em Portugal são únicos e não têm concorrência. Cadernos-estacionário de hotéis e para oferta de outras marcas, cadernos de viagens… cadernos para tudo, de todas as cores, vários tamanhos e design fantástico… uma coisa prometo já aqui: nunca mais compro um Moleskine! Onde é que eu tenho andado com a cabeça este tempo todo??!!? Em 1918, abriu na Rua Nova do Almada, a #EmílioBraga que à época era uma das melhores...

Ler Mais

Mestre de Avis, aclamado El Rey D.João I, a 6 de Abril de 1385

D. João I, Mestre de Avis  … ou de como, em Portugal, as Dinastias são novas, mas a a Casa Real é a mesma. Apesar de ser o primeiro Rei da chamada Segunda Dinastia, o Mestre de Avis é meio-irmão do último rei da 1º Dinastia, D. Fernando, é filho de D. Pedro, neto de D. Afonso IV, e consequentemente bisneto de D. Dinis. É, portanto também meio-irmão dos filhos de seu pai com D. Inês de Castro, sendo ele próprio filho de Pedro com D. Teresa Lourenço. João, Mestre de Avis, a par de Nuno Alvares Pereira são os...

Ler Mais

Pin It on Pinterest

00

Subscreva o Website

Receba no seu email uma notificação sobre as últimas publicações aqui no meu website.

A sua subscrição foi concluída com sucesso.