Adoro a estética dos lenços da Fernanda Lamelas porque são lindos e porque representam exatamente aquilo que defendo no sentido de construir #MarcasPortuguesas a partir da #EssênciaDePortugal – os desenhos são aquilo a que se poderia chamar uma visão 2.0 sobre o património português: são olhares, pinceladas em aguarela, o olhar da artista e a sua visão única do nosso património milenar transposta para a seda.

Helena Assédio com lenço em seda 30x30 e outro 125x125 exclusivo Loja das Meias, eu com o meu lenço "Lisboa" e António Moura com gravata "Grémio Literário", no evento SS19.

Helena Assédio com lenço em seda 30×30 e outro 125×125 exclusivo Loja das Meias, eu com o meu lenço “Lisboa” e António Moura com gravata “Grémio Literário”, no evento SS19.

Os lenços FL são agora das (infelizmente) poucas  marcas portuguesas à venda na Loja das Meias e foram uma das novidades do evento de lançamento da coleção de Verão 2019, aos 30 desenhos já lançadas foram acrescentados 3 que serão exclusivos nas Loja das Meias.

É uma ligação de duas marcas do luxo em português que se posicionam no setor #Premium dos produtos, e, sobretudo das marcas de que #PoucosGostamMuito, porque aos milhões é na e da China.

A Fernanda não esteve no evento porque na mesma altura estava em Milão para a apresentação desta sua visão do património português, agora sobre a forma de tapetes, numa parceria com o #CovetGroup – Parcerias: a palavra mágica para o desenvolvimento e alavancagem das #Marcas portuguesas.

Existem várias coleções de lenços com opções de cores, e há ainda a opção de costumizar ou encomendar o “Lenço dos nossos sonhos”. O meu, lisboeta que sou e apaixonada pelas cores e estética desta cidade só poderia ser da coleção #Lisboa

O vídeo do unboxing mostra o meu lenço e os detalhes que constroem uma marca: packaging, glamour, storytelling, branding… uma data de coisas que podem ver nos 2 minutos do vídeo

#MarcasPT2019